sábado, 21 de novembro de 2009

Jython




Jython é uma implementação do alto nível, dinâmica, orientada a objetos da linguagem Python perfeitamente integrada com a plataforma Java. O antecessor de Jython, JPython, é certificada como 100% puro Java. Jython está disponível livremente tanto para fins comerciais e não-comerciais e é distribuído com código fonte. Jython é complementar ao Java e é especialmente indicado para as seguintes tarefas:



  • Scripts integrados - programadores Java podem adicionar as bibliotecas do Jython ao seu sistema para permitir que os usuários finais possam escrever scripts simples ou complicados que adicionem funcionalidade ao aplicativo.

  • Experimentação Interactive - Jython fornece um interpretador interativo que pode ser usado para interagir com os pacotes Java ou com o funcionamento de aplicações Java. Isso permite que os programadores para experimentar e depurar qualquer sistema Java usando Jython.

  • Desenvolvimento rápido de aplicações - programas em Python são tipicamente 2-10X menor que o programa em Java equivalente. Isto traduz-se diretamente ao aumento da produtividade do programador. A interação contínua entre Python e Java permite aos desenvolvedores livremente misturar as duas línguas, tanto durante o desenvolvimento e no transporte de produtos.



Em 2008 a SUN contratou os 2 desenvolvedores principais do projeto Jython, Ted Leung e Frank Wierzbicki para tornar o Jython uma escolha segura, potente e facil do Python para JVM.

Com isso a SUN reconheceu o poder e difusão da linguagem, ja usada por milhares de desenvolvedores no contexto Linux e web.No repositorio padrao do OpenSolaris ja encontramos o Python 2.2.4, e no Netbeans ja existe a integração com o Python, sendo um projeto futuro, transformar o Netbeans na IDE perfeita para a dobradinha Jython/Django assim como os sucessos de JRuby/Rails e Groovy/Grails, com a mesma eficiencia e pragmatismo.

Confira a entrevista para o developers.sun de Ted Leung e Frank Wierbicki

Existem inúmeras linguagens alternativas implementadas para a Java VM. Os recursos a seguir ajudam o Jython a ser separado do resto:



  • A compilação dinâmica de bytecodes Java - leva a melhor performance possível, sem sacrificar a interatividade.

  • Capacidade de estender as classes Java existentes em Jython - permite o uso eficaz de classes abstratas.

  • Opcional compilação estática - permite a criação de applets, servlets, beans,midlets,...

  • Bean Propriedades - fazer uso de pacotes Java facilmente.

  • Linguagem Python - combina poder notável com uma sintaxe muito clara. Ele também suporta um completo modelo de programação orientada a objetos o que o torna um ajuste natural para o projeto de Java OO, tornando aplicações Java mais poderosas em determinada situação.




Para participar ativamente da comunidade, nas palavras de Ted Leung e Frank Wierzbicki , desenvolvedores Jython na SUN:


  • Join the Jython project. I'm looking for folks who would be serious about contributing to a community-driven Python support module for NetBeans.

  • Join any of the other great Python projects, like Django, TurboGears, Twisted, pyglet, and so on.

  • Send Frank or me an email with your comments and suggestions. We'll probably set up something a bit more formal, but for now, our inboxes will do.



Alguns Links Interessantes:

Slide do JavaOne 2008 com os riadores do projeto dando dicas

Framework Web Agil similar ao Rails,usado por diversos sistemas como New York Times e sites da Google

Livro Dive in to Python, uma introdução basica sobre a linguagem

Python no Netbeans IDE

Site do projeto Jython

Grupo Jython OSUM


OBRIGADO PELO SEU TEMPO!

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial